Surrealismo Francês

Ideal cinematográfico

Chocar o público; construir obras estranhas, para romper as fronteiras entre sonho e realidade, inconsciente e consciente e, assim, levar a curiosidade dos espectadores para dentro dos filmes.